Ervis-san!

E eis que teve a Festa Noisy de lançamento do CD do Douglas Dickel (que por sinal está muito bom, logo compre!) e pela primeira vez consegui anotar direitinho todas as músicas que eu toquei (anotei também as que eu toquei no Ateliê, mas foi num arquivo de playlist do WinAMP. Se o André não apagou eu publico aqui as músicas que tocaram). Assim sendo cá está o setlist, sendo que a primeira eu toquei antes da apresentação do CD, durante o teste do cd-player:

– Xploding Plastix – Treat Me Mean, I Need The Reputation
– The Monkees – I’m a Believer
– Guided by voices – Back to the lake
– Elvis Presley – A Little Less Conversation (JXL Radio Edit)
– IDC – David Byrne Was Born In Dumbarton
– We Are Scientists – Nobody move, nobody get hurt
– I Love You But I’ve Chosen Darkness – When You Go Out
– Wilco – Monday
– Interpol – Slow Hands (Britt Daniel Remix)
– Garbage – Run baby run
– The Strokes – Juicebox
– The Jesus and Mary Chain – Head on
– The New Pornographers – Twin Cinema
– Bloc Party – Banquet (Phones Disco Edit)
– The Killers – Mr Brightside (Thin White Duke Remix)
– Metric – Dead Disco
– Viana Moog – Virnalisi
– Franz Ferdinand – Do You Want To

Uma coisa que aprendi nessa discotecagem foi a de reparar se o botão de Hold do cd-player está on. Eu pensei que a alimentação por luz elétrica direta não estava funcionando enquanto o CD não estava tocando por causa dessa porcaria aí… Resultado: eu correndo de madrugada até um posto de gasolina para ver se achava pilhas para pôr no aparelho. Desse jeito nunca vou me curar dessa gripe que está pegando no meu pé a semanas.

E quanto à festa uma coisa que eu não vou esquecer: cá estava eu conversando com o pessoal quando passa uma japa muito bonita. Atrás dela, outra japa. E mais outra. Outra. Outra. Mais outra. Uma procissão de japas passando. Parecia até um flashmob patrocinado por alguma colônia japonesa já que não parava de passar japinhas. Depois fiquei sabendo que não eram japonesas, mas sim chinesas que estavam passeando em Porto Alegre. E como dançavam aquelas gurias: foram as que mais pularam! Quando eu toquei o Elvis então o mundo veio abaixo. E o engraçado é que assim como chegaram foram embora, num instantinho. No mínimo bizarro.

2 many DJs

E esse fim de semana finalmente vou estrear meus 2 CDs-players. Primeiro vou discotecar sexta-feira dia 23 no Ateliê Zumbi e… como? O Ateliê Zumbi não está fechado? Pois é, pois é, é o seguinte: o André e a Aninha estão se mudando para Porto Alegre, de forma que o festerio vai ser um bota-fora do lugar. Sim, é festa de despedida moçada! E lá vou eu, a Karenina e o André se revesar na discotecagem, com a intenção de botar todo mundo para dançar por horas e horas. A função vai começar às 23 horas e o ingresso custa R$ 6,00 com direito a uma ceva. E para quem já esqueceu o Ateliê Zumbi fica na Rua Presidente Roosevelt, 669 – São Leopoldo:


E no sábado dia 24 de novo vou brincar de DJ mas dessa vez lá em Porto Alegre na festa Noisy especial de lançamento do CD Eu Contenho Todos os Meus Anos Dentro de Mim, do projeto input_output, do Douglas Dickel, CD esse que será lançado pelo selo Open Field/Peligro, com distribuição da Peligro Discos (aliás escutem hoje de noite o programa Freak Show na Unisinos FM onde o CD será mostrado em primeira mão). Também é a estréia de dois videoclipes de faixas do álbum, um realizado pelo Antônio Xerxenesky e outro pelo próprio Douglas. A função toda vai começar às 23 horas, com a audição do CD, e depois eu assumo a discotecagem a partir da meia-noite, junto com o Douglas, o JotaPê e o Jaspion. A festa vai ser lá no Beco (João Pessoa, 203) e o ingresso é de R$ 10 até à 1h; R$ 12 depois da 1h (os dois preços incluem uma cerveja):


E se você estiver a fim de já ir se esquentando para a festa vale chamar a atenção que essa semana tá bem agitada: dia 22 tem o debut da banda Pelicano no bar Mr. Dam, do lado do Opinião, na rua José do Patrocínio. O evento chamado Sensorial, também estreante e idealizado pelo Túlio Pinto (Farveste), começa às 20h, com projeção do DVD de Laranja Mecânica. Terminado o filme, a banda toca; depois do show, a própria banda discoteca. Preço da brincadeira? R$ 6,00. Viu? Tá baratinho…

E na quinta dia 22 rola no Dr. Jekyll show com a Transmission, La Nostardamos e Pública. Vai ser a volta da Pública depois do periodo de exílio/gravação do cd, de forma que eles precisam da ajuda dos amigos pra se equilibrar financeiramente… Infelizmente não me passaram quanto vai custar o ingresso, mas enfim tá dado o recado.

E já que estamos dando uma força para os parceiros vale dizer que no sábado dia 24 ainda tem em Porto Alegre o pessoal da Azambujas Bluesband no projeto Amigos do Blues no Art & Bar (Rua Silva Jardim 16, esq. com 24 de Outubro) com ingresso a R$ 6 e o pessoal da Nômades e Deus e o Diabo lá em Cachoeirinha na Arca Estúdio Pub com ingresso a R$ 5,00 :


Ok, o que mais? Bem, os ingressos pro show do Arcade Fire e dos Strokes já estão à venda em Porto Alegre, lá no posto da Ipiranga do Farrapos (361). Vale a pena lembrar que lá no Rio os ingressos para ver Strokes foram em dois dias… Assim dá uma ligadinha pro 3019-0580, verifica se ainda tem ingresso lá e corre, pois Arcade Fire é imperdível 😉

Roupas e mais roupas

Nesse exato momento estou me preparando para sair de casa e estou usando uma camiseta, uma camisa, um casaco tipo de abrigo e por cima disso tudo uma casacão.

ADORO INVERNO!!!! :-)

Como é bom poder se entrochar de roupa.

We were in London, let’s do it – let’s break the law!

E hoje o pessoal da Superphones tá fazendo um show especial no Garagem Hermética. É o último show da banda em Porto Alegre até o próximo ano, já que o Marcelo vai baixar a cabeça para estudar e se formar logo e a Mariana vai ficar um tempo passeando lá no Norte. Assim, eles vão se apresentar agora e lá pelo dia 13 vão se mandar todos para Londres, onde farão alguns shows antes de deixarem a Mariana por lá.

Assim sendo, se a gripe que tá pegando no meu pé deixar, irei. O show vai começar lá pelas 23 horas e vai custar 10 reais.


Update: pois é, a gripe não deixou :-( Bem, para a gurizada da Superphones uma boa viagem!